Resenha: O Diário Negro do Toninho do Diabo.

Por Michelle Ramos.

 

A Revista “O Diário Negro do Toninho do Diabo” é um lançamento da Editora Vardi (como divulgado aqui), do editor Daniel Vardi. A publicação é dedicada ao tema horror, especificamente ao personagem de Antonio Aparecido Firmino, o Toninho do Diabo, que além de já ser conhecido por seus filmes de horror como “Caçador de Almas I e II”, o clipe musical “Eu taco Fogo!” E o atual dvd “Ataque dos Pneus Assassinos”, o personagem ganha uma revista em quadrinhos que traz três historias:

O “Filho do Diabo” é uma HQ de Daniel Vardi (roteiro) e A.Peterson (desenhos); um casal faz um contrato com o diabo, (na pessoa do Toninho), onde a alma negociada é a do filho, antes mesmo de ser concebido; como “pagamento” por tal contrato não necessário entrar em detalhes com relação ao final, que é bem sangrento. Pra quem gosta do horror de forma geral pode achar legal, mas creio que a HQ seria mais interessante se abordasse mais a vida dos personagens, pois os ”fatos” apenas acontecem, deixando uma sensação de vazio, d que faltou mais explicação para algumas das atitudes desses personagens.

 

Em seguida temos a HQ “Entidade Assistencial” de autoria de Hugo Nanni, tanto a arte quanto o roteiro foram bem desenvolvidos, sendo feitos visando o entretenimento, pois para um enviado do Diabo, o Toninho faz coisas um tanto cômicas para conseguir a alma de alguém.

 

Fechando a edição, Antonio Firmino escreve a HQ “O Hospital do Diabo”, ilustrada por Marcelo Leonardi; onde conhecemos um casal de velhos ricos e desgraçadamente mesquinhos, que na hora do jantar foram interrompidos por um outro velho, um faminto que pedia um pouco de comida. Logicamente o casal negou assistência, e riram do pobre velho, que ao ouvir os comentários e risos de deboche do casal, sente-se humilhado, enchendo-se de ódio, o pobre velho amaldiçoa o casal, desejando ardentemente que eles se encontrem com o diabo.

 

Não é difícil imaginar o que acontece após disso; o casal é levado a “pagar” por sua mesquinhez da forma mais bizarra possível. È interessante dizer que a HQ, escrita por seu criador, apresenta de forma mais significativa o “universo” do personagem; e como mesmo, busca firmar um gênero de quadrinhos tão importante na HQB.

O que felizmente tem ganhado mais força nas atuais publicações que estão surgindo.

 

O Diário Negro do Toninho do Diabo ainda traz um pôster interno do personagem ilustrado por Marcos Coelho em cores, e uma ilustração em preto e branco do cartunista Marcio Baraldi.

 

Preço: R$: 4,90

 

Mais informações

http://toninhododiabo.com.br

contato@toninhododiabo.com.br

Anúncios