Mostra “Arraestaqui” apresenta a trajetória política do mais comentando Político de Pernambuco

Por Michelle Ramos. Sobre release

Exposição, livro e documentário para reviver e apresentar a trajetória política de um dos mais celebre Políticos de Pernambuco, o Miguel Arraes; artistas plásticos e personalidades da cultura nacional e local marcaram presença na abertura da Exposição Arraestaqui, que contou com um registro em vídeo, livro e exposição de sua trajetória política, vista pelas charges do cartunista Lailson de Holanda Cavalcante, publicadas na imprensa entre 1979 e 2002.

O evento aconteceu no Museu do Estado, na noite desta terça-feira, 16/12. O acontecimento, o primeiro do Instituto Miguel Arraes, é uma concepção de dona Madalena Arraes e do jornalista e cartunista pernambucano Lailson de Holanda Cavalcanti, convidado por dona Madalena para participar da ação.

Para a exposição, cerca de 200 desses desenhos estarão à disposição de quem quiser conferir, de maneira divertida, a trajetória de um dos maiores expoentes da história política do país. De acordo com a responsável pelo projeto de instalação da mostra, Beth Araruna, o chargista conseguiu divulgar muito mais que apenas fatos. “Lailson é um pesquisador, que uniu o contexto histórico à personalidade de Arraes, dando uma dimensão maior à charge, indo além do desenho. A idéia é tão grandiosa e rica em informações, que o Instituto tem a intenção de realizar uma exposição itinerante em outros Estados e fora do Brasil”, explica.

A mostra está organizada em dois pavimentos e de acordo com os doze capítulos do livro (foto). No hall de entrada haverá textos de Dona Madalena e do governador Eduardo Campos. No piso superior, doze painéis mostram o jornal fictício O Tempo, criado por Lailson para o evento e que contextualiza os períodos onde foram publicadas as charges, No auditório do Museu passará o DVD que apresenta depoimentos de pessoas que tiveram participação nos três governos de Miguel Arraes e também charges animadas. Em seguida, a sala Linha do Tempo traz 12 painéis com as charges impressas em formato ampliado, onde se pode conferir, por etapas, os cartuns que se dividem em ordem cronológica de 1979 a 2002. Ainda compondo o ambiente, uma mesa com objetos de uso pessoal de Arraes, como cachimbos e outros pertences, deixa o local com ares de aposento particular. Uma parede com 30 desenhos e aquarelas de Lailson também estarão em exposição e dão a oportunidade de conhecer os originais das charges publicadas

Documentário – Um vídeo de 30 minutos, recheado por depoimentos das mais importantes personalidades do mundo da política, da arte e cultura, como Ariano Suassuna, Abelardo da Hora, Eduardo Campos, Francisco Brennand, Fernando Bezerra Coelho, Ricardo Leitão, Tânia Bacelar, Sérgio Resende, José Múcio e Leda Alves, é outra atração do projeto. Na apresentação, os entrevistados falam sobre quem foi Arraes, a Anistia e, claro, a importância da charge como manifestação artística e elemento histórico. Uma aula e um retrato fiel da trajetória do Ex-Governador, com um apanhado histórico do ambiente sócio-político do Estado nos últimos 30 anos.  

Serviço: Exposição do Projeto ArraestaquiA atuação política do Governador Miguel Arraes vista através das charges de Lailson de 1979 a 2002.

Onde: Museu do Estado de Pernambuco.
Dia: De 17 de dezembro de 2008 a 28 de janeiro de 2009.
Hora: De terça a sexta, das 09h às 17h; sábados e domingos, das 14h às 19h.

Mais informações

www.arraestaqui.com.br

3 comentários sobre “Mostra “Arraestaqui” apresenta a trajetória política do mais comentando Político de Pernambuco

  1. Pingback: Palestra e Noite de Autógrafos com o cartunista Lailson de Holanda (PE) « ::: Zine Brasil ::: A Vitrine das HQ’S Nacionais

  2. Pingback: “Arraestaqui” | Impulso HQ

Os comentários estão desativados.