Novo Projeto com o Redentor, de Marcos Franco.

Por Michelle Ramos.

 

Com a idéia desenvolvida pelo quadrinista Valmar Oliveira; esta em desenvolvimento um novo projeto envolvendo o personagem Redentor, criação de Marcos Franco; o projeto conta com o apoio de Marcelo Oliveira no roteiro.

 

 Originalmente eu tive a idéia de um crossover entre um personagem antigo meu, que estava há anos no estaleiro. Falei com o Marcos e ele liberou já que o Redentor estava parado. Troquei ideias com o Marcelo Oliveira pra desenvolver o roteiro. Mas certo dia, acordei com a idéia de algo mais sombrio. Bolei as primeiras paginas e passei pra o Marcos, que ficou de cabelo em pé, pois o que eu tinha pensado ia de encontro com as diretrizes do personagem e desmentia ou ignorava muito do conceito original pra os personagens e todo seu universo. Então no final, falei pra ele que poderia ser encarado como uma realidade alternativa ou uma versão ‘ultimate’ do personagem.” Diz o Valmar Oliveira.

 

Concebido como uma possível mini-série, a hq ocorre num futuro onde tudo deu errado na luta do Redentor. Ele perdeu para o inferno, está aprisionado e sendo torturado, e a humanidade está em processo de extinção com o mundo queimando e coberto de cinzas enquanto o Inferno expande seus domínios para além do planeta.

Escrevi praticamente tudo ao mesmo tempo em que fiz os esboços da primeira parte, e tive a ajuda mais que providencial do Marcelo Oliveira. A primeira parte já foi encerrada e devo começar o trabalho de desenhar, ao tempo que pensarei na parte 2. É provável que outros personagens do universo do Marcos apareçam…” adianta o quadrinista.

 

Já o Marcelo Oliveira comenta que: “As batalhas entre o Bem e o Mal inspiraram histórias muito bacanas, mas parecem cada vez menos atrativas para os criadores atuais. Por isso, nessa nova história do Redentor, sugeri que a Valmar que o Inferno não fosse o Mal, embora o herói creia dessa forma. O Inferno é uma realidade similar ao do universo dos mythos lovecraftianos: um local impossível de ser racionalizado pela humanidade, com criaturas que afrontam todos os padrões da fauna terrestre, portanto capazes de despertar horror pela sua simples presença. Os humanos os nomeiam demônios logo que os vêem, mas eles não pertencem a nenhum panteão maligno (o mal não existe, lembra?). Deus não existe para eles. Eles apenas viajam por realidades, pilhando e matando. A Terra é o próximo alvo. Qual confronto é maior: Redentor contra essas criaturas alienígenas, ou o complexo da humanidade em dividir as coisas: bem e mal; homem e mulher; Deus e o Diabo? Afinal, não é matando todos os demônios que Redentor livrará a Terra do Horror. Acho que a saga será sobre isso. E terá muito sangue também.

 

Questionado sobre o tema central da mini o roteirista adianta: “Imagine o maior heroi de um mundo que sempre venceu suas batalhas, por mais dificil que sejam elas. Agora imagine uma realidade onde algo deu errado e ele perdeu a batalha. Imagine o inferno sobre a terra e usando a terra como ponte pra o universo. O céu? Ignora a terra. A humanidade? Quase exterminada. O inferno esta sobre a terra, e legiões e hordas avançam, com seus generais. Lucifer segue sua máxima e prefere permanecer no Inferno. E o heroi? Esta preso, sendo torturado e humilhado. Mas algo acontece e ele é libertado. Como e por que? Ele ainda não sabe, mas agora corre por sua vida, e pra tentar salvar o que restou do mundo”. Se ele puder…!!

Conheça mais dos artistas e do projeto acessando os links abaixo:

http://www.myspace.com/knightriderband
http://www.knightrider.com.br
www.pigarts.blogspot.com
http://valoliveira.deviantart.com