Cartilha Maria da Penha em Quadrinhos.

 

Mais um lançamento que comprova a eficácia dos quadrinhos como grande divulgador de massa que é, pois no dia 6 de março, foi lançada pela Academia Paulista de Magistrados na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, a Cartilha Maria da Penha, uma publicação didática no formato de HQ que como a própria lei, tem como objetivo orientar os leitores sobre os direitos das mulheres, além de registrar em suas paginas as mais importantes conquistas  realizadas pelas mesmas.


A Cartilha Maria da Penha traz ilustrações abordando a Lei 11.340/06, que entrou em vigor no dia 7 de agosto de 2006. A lei recebeu o nome Maria da Penha, por causa da história de Maria da Penha Maia Fernandes, líder de varios movimentos em defesa dos direitos das mulheres, e vítima deste tipo de crime, sendo a mesma o impulso que faltava para definição da legislação que temos hoje.

 

O texto da cartilha foi elaborado pelo juiz Richard Francisco Chequini, atualmente assessorando a Seção Criminal do TJSP. O material será distribuído gratuitamente para crianças do ensino fundamental, jovens, ONGs, bibliotecas e outros locais, visando aproximar a comunidade da legislação em vigor e conscientizar e promover o respeito à entidade familiar e aos direitos da mulher.

 

Considerada uma das mais avançadas na proteção do direito da mulher, a legislação, protege a mulher não só contra a agressão física, mas também contra a violência psicológica, sexual, moral e patrimonial.

 

A cartilha foi publicada com apoio do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, da Associação Paulista de Magistrados e da Escola Paulista da Magistratura; São 200 mil exemplares impressos.

 

Ainda durante a cerimônia a desembargadora do TJSP, Maria Cristina Zucchi, membro da Academia Paulista dos Magistrados, falou em nome dos empossados e dos homenageados, fazendo um relato das lutas femininas, relembrando as mulheres que fizeram parte fundamental da história.

 

Fonte: http://www.jusbrasil.com.br/noticias

Anúncios

14 comentários sobre “Cartilha Maria da Penha em Quadrinhos.

  1. Olá, gostaria de saber como posso obter exemplares desta cartilha, pois trabalho na secretaria de saúde do municipio.

    Att.

    Franciene

    Curtir

  2. Gostaria de receber cartilha
    Objetivando além de conhecer melhor o assunto, trabalha-lo

    Curtir

  3. Como poderíamos conseguir exemplares desta cartilha???Sou assistente Social e trabalho no Projovem Urbano.Estaremos realizando uma ação comunitária e gostaríamos muito de conseguir este material.Aguardando resposta.

    Curtir

  4. Olá, seria possivem enviar umas cópias desta cartilha ao Conselho Tutelar de São Miguel, assim poderemos ajudar nos informes com violencia contra a mulher.

    no aguardo

    abraços.

    Curtir

  5. Gostaria muito de receber a Cartilha Maria da Penha, pois trabalho no Centro para crianças e adolescentes
    Terezinha Colombo

    Curtir

    • Olá Terezinha, para receber a cartilha é necessario fazer o pedido a Academia Brasileira de Magistrados, pelo e-mail , que curiosamente vc esta usando; Abraço.

      Curtir

  6. Gostei da ideiade fazer uma cartinha para explicar às crianças o que é a Lei Maria da Penha, pois são elas as que mais são violadas quando veem suas mães serem agredidas.
    Sou Assistente Social no CRAS _ Cento de Referência da Assistencia Social e acredito que se vocês distribuissem essas cartilhas nos CRAS atingiriam o público- alvo mais rapidamente.
    Se possível gostaria que me enviassem algumas cartilhas.
    Obrigada
    Maria Teresa

    Curtir

    • Olá Teresa, para receber essas apostilas é necessario escrever para a Academia Paulista de Magistrado, por e-mail apmbrcom@ig.com.br e fazer seu pedido, se for possivel com certeza estarão enviando. Obrigada por sua visita ao Zine Brasil!
      Abraço! 😉

      Curtir

  7. Por gentileza como podemos obter exemplares desta cartilha? Em nossa escola a disciplina Orientação Sexual está trabalhando este tema e os alunos estão muito interessados. Muito obrigada. Equipe de professores.
    Escola Estadual Professor José Ignácio de Sousa. Uberlãndia. MG.

    Curtir

  8. Sou educadora e tambem advogada, trabalho com mulheres vitimas de violencia
    gostaria muito de ter acesso a um exemplar desta cartilha
    atenciosamente
    salete maria

    Curtir

    • Olá Salete, que blog bacana de cordel vc tem viu? Parabéns 😉 para conseguir a cartilha o processo é o mesmo que falei pra Regina ok?
      Vamos ficar na torcida para que as apostilhas sejam enviadas 😉

      Curtir

Os comentários estão desativados.