Escritores premiados no Projeto Roda Palavra

Por Michelle Ramos, sobre a fonte citada.

O IAP, Instituto de Artes do Pará, começou a realizar a partir desta quinta-feira, 14, o Projeto Roda Palavra, que pretende estará reunindo todos os meses, autores premiados e editados pelo instituto através dos prêmios IAP de Literatura e  Edições Culturais. O projeto integra as comemorações pelos dez anos do instituto.

Desde 2002, ano do 1º Prêmio IAP de Literatura, foram contemplados 28 livros, nos gêneros conto, romance, poesia, teatro, literatura infantil, dramaturgia, ensaios, auto popular e história em quadrinhos. Os premiados no ano de 2008 serão lançados ainda neste semestre, juntamente com o edital 2009.

A programação do “Roda Palavra” começa nesta quinta-feira, dia 14, às 18h, com participação dos escritores Paulo Vieira, autor de “Infância Vegetal” (poesia), e Edílson Pantoja, autor de “Albergue Noturno” (romance). Serão debatidos temas como as fronteiras entre os gêneros literários, o mercado editorial e a importância da crítica literária, com mediação do escritor Vicente Cecim, da Gerência de Artes Literárias e Expressão de Identidade do IAP. A programação é aberta ao público.

Vicente Cecim destaca a importância de um prêmio que se compromete com a edição da obra. “Além de revelar novos autores, o prêmio tem o papel de impulsionar o trabalho desse autor, na medida em que oferece uma quantidade expressiva de exemplares publicados que pode ser vendida e distribuída livremente”, explica.

Criado em 2002, o Prêmio IAP de Literatura foi o primeiro no Estado a garantir a publicação das obras dos autores contemplados, ampliando as possibilidades de projeção nacional e internacional. Cada autor recebe uma tiragem de mil exemplares, além de participar de uma noite de autógrafos realizada pelo instituto.

Desde a sua primeira edição, o prêmio já contemplou nomes como Ailson Braga, Dand Moreira, Adriano Barroso, Walter Freitas, Carlos Correia Santos, Edílson Pantoja, Nilson Oliveira e Guaracy Brito Lançado em 2008, o Prêmio IAP de Edições Culturais teve inscrições de Belém, Óbidos e Itaituba. Com as categorias Ensaio, Auto Popular e História em Quadrinhos o instituto conseguiu ampliar o sentido da premiação, incentivando a produção em linguagens que não eram contempladas anteriormente.

Em 2008 foram premiadas as seguintes obras: “Batista”, de Carlos Correia Santos, na categoria Dramaturgia; “Um Olhar Sobre Belém do Grão-Pará”, de Dalcídio Jurandir, de Paulo José Maués Corrêa, na categoria Ensaio; e “Catarse – Quadrinhos”, de Everton Cardoso Leão, na categoria História em Quadrinhos. Na categoria Auto Popular, o prêmio foi concedido a três obras: “Nas Asas a Liberdade”, de Laurene da Costa Ataíde; “Cordão do Tangará”, de Idolasy Moraes das Neves; e “As Pastorinhas”, de Sebastião Teodomiro da Costa Filho.

SERVIÇO: Projeto Roda Palavra, com participação dos escritores Paulo Vieira, autor de “Infância Vegetal” (poesia), e Edílson Pantoja, autor de “Albergue Noturno” (romance). Nesta quinta-feira, dia 14, às 18h, no Auditório do IAP (Nazaré, ao lado da Basílica), com mediação do escritor Vicente Cecim. A programação é aberta ao público.

Fonte: http://www.diariodopara.com.br/