FLIP – Casa da Cultura e a Programação da Flipinha

Por Michelle Ramos, sobre o press release.

A Assessoria de imprensa da FLIP – 7ª Festa Literária Internacional de Paraty avisa que a programação da Flip passa a se chamar FLIP – Casa da Cultura e seus eventos já podem ser consultados aqui. Definida pela curadoria da Festa Literária, a FLIP – Casa da Cultura é uma extensão da programação principal.

Na Ocasião haverá debates com escritores, cineastas e roteiristas, shows, pré-estreias e exibições de filmes. Algumas das atrações são  relacionadas ao autor homenageado, Manuel Bandeira, como já divulgamos aqui, e ao Ano da França no Brasil.
Os ingressos da FLIP – Casa da Cultura serão vendidos apenas em Paraty, a partir do dia 1 de julho, às 9h, na bilheteria da FLIP e na Casa da Cultura, com exceção do show Estrela para toda a vida, com Olivia e Francis Hime, cujos ingressos serão vendidos pelo site (http://www.ingressorapido.com.br/), pelo telefone (4003-1212, número nacional) e nos pontos-de-venda da Ingresso Rápido, a partir do dia 17 de junho, às 10h

Podcasts
Também já estão disponíveis no site do evento podcasts com comentários em áudio do diretor de programação a respeito das mesas e dos autores da 7a. FLIP. Flávio Moura falando sobre a origem das ideias de composição de cada um dos debates e sobre o que espera das discussões que vão ocorrer na Festa Literária. Além disso, destaca alguns dos aspectos pouco conhecidos de cada um dos escritores e discorre sobre as características principais de cada um deles.

Flipinha deste ano

Em 2009, a programação destinada ao publico infantil vem com novidades.

Os autores convidados, além da participação na Tenda da Flipinha, vão realizar mediações de leitura na Tenda da Biblioteca Infantil e Juvenil. Esta também terá um novo formato: maior e com uma programação própria.

Este ano teremos os tradicionais pés-de-livro com mediadores de leitura: árvores carregadas desse maravilhoso fruto, espalhadas pela praça. Além disso, a programação terá mais uma vez o Arte na Praça: oficinas com os saberes e fazeres de Paraty.

A programação durante a FLIP é apenas a culminância dos trabalhos desenvolvidos, permanentemente, em Paraty. A Flipinha é um programa continuado, que tem como principal objetivo transformar Paraty em uma cidade de leitores. Para conhecer a programação na íntegra, clique aqui.