HQs têm exposição em museu de Diadema

Museu de Arte Popular recebe mostra ‘Diadema – 50x Quadrinhos’ com foco na produção nacional

diadema-museuAs Histórias em Quadrinhos antes vistas como leitura apenas para crianças, nos últimos trinta anos têm conquistado um espaço importante no mercado editorial. Sucessos de crítica e público, algumas histórias, antes focadas em enredos inocentes, desde os anos 80, têm abordado temas de cunho social e atraído e dialogado com diversas áreas do conhecimento humano, social, política, literária, jornalística, entre outras.

Se as histórias tinham um caráter “inocente” por focar em enredos infantis ou fantasiosos, foi em meio às aventuras dos heróis que a mudança começou. Especialistas retratam como marco ‘Watchmen’ e ‘O Cavaleiro das Trevas’, que aliados as tiras publicadas nos jornais conquistaram o mercado adulto também.

Hoje, uma grande fatia do mercado consumidor de quadrinhos é composto por pessoas acima de 20 anos.  A intenção de se produzir algo na plataforma das artes sequências de modo independente deu origem aos fanzines e através destes, importantes artistasd mostraram seus trabalhos e hoje tem publicações importantes no mercado editorial, caso dos irmãos Fábio Moon e Gabriel Bá.

EXPOSIÇÕES/ No ABC, duas são as exposições que abordam o tema. Depois do Sesc Santo André sediar desde o mês de dezembro a exposição ‘Cidade em Tiras : A Metrópole Brasileira através das Histórias em Quadrinhos’, sobre os trabalhos de importantes quadrinistas como Angeli, Laerte, Luis Gê e outros que tem como cenário o ambiente urbano. O Centro Cultural de Diadema inaugurou na última quinta-feira (16), a exposição ‘Diadema – 50x Quadrinhos’.

O evento, em comemoração ao Dia do Quadrinho Nacional é composto por histórias e desenhos produzidos por artistas do mercado brasileiro e ex-alunos das oficinas de HQ e Desenho de Humor realizadas pela Secretaria de Cultura do município.
Para o curador da mostra e oficineiro de HQ do município, Gau Ferreira, a mostra é importante por reunir profissionais consagrados e quem está começando agora, além de ressaltar a importância das artes sequenciais. “O ABC tem grandes artistas nessa área e é importante mostrar essa produção e incentivar outras pessoas a descobrir a arte da ilustração de do desenho”, afirmou.

Ao todo, cinquenta trabalhos serão expostos sendo 32 feitos por ex-alunos das oficinas de quadrinho de Diadema, oito de oficinas do SESC e de 13 cartunistas e ilustradores da região do ABCD e São Paulo.

A exposição fica em cartaz até o dia 31 de janeiro, no Museu de Arte Popular de Diadema (MAP), localizado no Centro Cultural do município (rua Graciosa, 300, Centro). Abre de terça a sexta-feira, das 10h às 19h. Aos sábados das 13h às 18h. Entrada gratuita.

Mais informações poderão ser obtidas pelo telefone 4051-5408.

Oportunidade para conferir de perto uma homenagem as Histórias em Quadrinhos brasileiras. Bom divertimento!

Mostra terá debates e documentário sobre HQ

A exposição ‘Diadema – 50X Quadrinhos’, além de apresentar 50 trabalhos de artistas conhecidos e também de ex-alunos das oficinas da região permite também promover o diálogo sobre a linguagem da arte-sequencial, que tem proximidade com a linguagem do cinema e da fotografia, e o mercado.
Neste sábado, às 14h está programado apresentação do documentário “Malditos Cartunistas”, de Daniel Paiva e Daniel Garcia. O filme, produzido em 2011, aborda a produção de trabalhos em artes sequenciais, através de um panorama sobre os  cartuns e HQs nocenário brasileiro e traz depoimentos bem-humorados dos cartunistas Laerte, Jaguar e Ziraldo, entre outros, sobre a arte de fazer ilustrações.

Após o filme haverá um bate papo informal com profissionais da área, entre eles Marcatti, um dos primeiros representantes do quadrinho underground no Brasil.

No dia 30, às 19h, está programada uma conversa com os quadrinistas Gau Ferreira e Bira Dantas sobre HQs  e Ângelo Agostini, considerado, primeiro cartunista do país. Na ocasião também haverá lançamentos de álbuns e fanzines.

Visto no Diário de São Paulo.

Anúncios