Jam Session: O Crime do Teishouko Preto, HQ busca apoio para bater o Record Mundial do Guinness Book

Mais de 500 artistas brasileiros participaram juntos de uma única história em quadrinhos, feita como uma Jam Session. Sem um roteiro prévio, uma hq coletiva e sem fim; no ponto em que um desenhista termina sua página outro continua e assim por diante. Sempre mantendo as características pessoais (estilo e técnica) de cada artista, mas integrada a uma produção coletiva singular e com unidade.

A organização da Jam Session: O Crime do Teishouko Preto é do Gualberto Costa e da Dani Batista (Troféu HQ Mix), que conseguiram unir esses mais de 500 artistas para produzir essa edição primorosa.

Project thumb small open uri20140818 2 1r1d0rf JAM SESSION: O CRIME DO TEISHOUKO PRETO

A produção de cada página foi desenvolvida ao vivo com público presente, que pôde apreciar como cada artista desenvolve seu trabalho, qual a sua técnica, seu processo de criação, como constrói seu argumento, prepara seu roteiro e mantém sua narrativa. A ideia é lançar um luxuoso livro de capa dura, com todas as páginas reunidas em uma única publicação, que será lançada em dezembro de 2014, na COMIC CON EXPERIENCE.

jam-500 artistas Bernardo FrançaE ainda um ponto super importante é buscado com essa publicação, bater o Record Mundial do Guinness Book, na categoria  MOST CONTRIBUTORS TO A PUBLISHED COMIC BOOK (maior número de colaboradores em uma única publicação de quadrinhos). Atualmente o recorde é australiano, pela publicação “Pieces Project – Pieces Book 1”, com 94 artistas. Este recorde sucedeu o da Argentina com 81 artistas, e vários outros recordes americanos.

Neste ano, já existe um proponente (ainda não homologado) dos Estados Unidos para a quebra do recorde, com um comic book de 126 artistas, bem abaixo dos nossos atuais 517 quadrinistas.

O livro JAM SESSION: O CRIME DO TEISHOUKO PRETO,  que já conta com página no Facebook, é uma publicação que reúne toda uma geração de artistas brasileiros dos quadrinhos, artes gráficas e graffiti em uma única história. De norte a sul do país, dos novíssimos aos consagrados como: Adriana Melo, Alex Hornest, André Diniz, Baptistão, Danilo Beyruth, Edgar Vasques, Fabio Moon, Fernando Gonsales, Gabriel Bá, Grampá, Guazzelli, Gustavo Duarte, Guto Lacaz, Jô Oliveira, João Montanaro, Klebs Júnior, Klévisson, Laerte, Lourenço Mutarelli, Luiz Gê, Luke Ross, Marcatti, Orlando, Rafael Coutinho, Rodolfo Zalla e muitos outros.

O livro JAM SESSION: O CRIME DO TEISHOUKO PRETO terá uma luxuosa impressão com capa dura e sua tiragem será limitada praticamente ao Catarse e se fosse vendida em livrarias seu preço de capa seria de R$ 120,00 (pelo catarse está saindo por R$ 100,00).

Para o livro ser impresso é necessário que que a meta financeira de impressão, de R$ 56.000 seja alcançada. Clique AQUI para visitar o Catarse e apoiar o material.

Sobre o Press Release.

:: Já Conhece o Canal Zine Brasil no YouTube?
Inscreva-se aqui ->> http://youtube.com/zinebrasil

:: Aproveita e curta a Página no Facebook!

Anúncios