Crianças e jovens não estão trocando quadrinhos por tecnologia.

Às vésperas de mais uma premiação do Troféu HQMIX – no qual desenhistas profissionais de todo o país votam nos melhores do ano que passou -, entre mais de mil lançamentos de livros e revistas de HQ, podemos dizer que nunca houve tanta efervescência no mercado de quadrinhos como hoje. Não que estejamos vendendo muito…