Exposição “O Raio Negro de Gedeone Malagola”

Raio Negro, personagem clássico das HQs Nacionais, do autor Gedeone Malagola é a atração da exposição “O Raio Negro de Gedeone Malagola”. A abertura da mostra será as 10h do próximo sábado (7), no Museu de Arte, na rua Sergipe, 640. A entrada é franca. No decorrer da exposição, que segue até 27 de março, a visitação será monitorada e pode ser agendada pelo (43) 3337-6238 ou pelo e-mail museu@londrina.pr.gov.br.

raio negro- expo-londrinaEm exposição, páginas originais de histórias em quadrinhos publicadas entre os anos 1966/68. Época em que, de acordo com o produtor cultural, Eloyr Pacheco, até os balões e o letreiro eram feitos à mão. “Diferentemente dos dias de hoje, nos quais, tanto as letras quanto os efeitos especiais são manipulados em programas de computador, na década de 60 o nanquim era a principal ferramenta para se fazer a arte-final”, contextualiza.

“Além de ser um privilégio, é realmente uma grande responsabilidade ser guardião de parte da memória do quadrinho nacional”, disse Pacheco que, desde 2011, trabalha na organização desses originais em parceria com a Associação dos Quadrinhistas de Londrina.

O Museu de Arte funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 18h, bem como no primeiro sábado de cada mês, das 9h às 13h.

Oficinas
No período em que a exposição movimentar o Museu de Arte, no mesmo local, o professor de desenho, Gustavo Zanin, vai ministrar oficinas de arte para crianças de 8 anos ou mais. As aulas são gratuitas e vão acontecer das 14h às 16h. Em fevereiro nos dias 11, 18 e 25, e em março nos dias 4, 11, 18 e 25.

Sobre o Press Release.

Não deixe de acompanhar a Página do Zine Brasil no Facebook.

Anúncios

Um comentário sobre “Exposição “O Raio Negro de Gedeone Malagola”

  1. Parabéns pela excelente iniciativa e idéia da exposição em homenagem à este que é um dos mais talentosos mestre dos quadrinhos no brasil, eu e José Salles fundamos a editora Júpiter2 que deu continuidade as aventuras do Raio Negro com o ok da família do grande mestre, aventuras que continuam sendo publicadas até hoje!

Os comentários estão desativados.