Apoie – Wander – Puberdade Ainda Que Tardia parte 2 de 3, está no catarse!

https://i0.wp.com/i124.photobucket.com/albums/p9/zine_brasil/zine_brasil001/anuncio-CanalZB-2015.jpg

Você já conhece o Wander? Se não conhece, ele é um nerd que, desde criança, é obcecado em ser um super herói. Como nunca foi picado por nenhum bicho radioativo, sua inspiração foi um certo milionário que combate o crime para vingar a morte dos pais. Assim começou a saga do Wanderkleyston (sua mãe queria um filho com k, w e y no nome), um menino que depois de assistir a uma seção de Morceghomem de Bim Thurton, não pensou em mais nada além de vingar algum parente que tenha sido vítima da violência urbana. Quando finalmente ele encontrou uma motivação na morte de um tio distante por bala perdida, assumiu a identidade do Batmorcego, combatente do crime nas ruas de Ficcítia, cidade onde vive. Esta história foi contada no álbum de 2014 Wander – Herói Porque Sim! do quadrinista Luciano Félix e com arte-final de Téo Pinheiro.

Na ocasião estivemos presentes cobrindo o evento de lançamento, entrevistando os autores.

Em abril de 2017 o herói retornou em uma minissérie de três capítulos com a primeira parte lançada na CCXP Tour Nordeste, depois de ser financiado coletivamente no Catarse. Nesta nova saga, Wander descobre que a sua nerdice o fez pular uma fase importante na vida de qualquer jovem: a puberdade e todas as suas consequências típicas deste período. Para piorar, ao mesmo tempo a cidade tem sofrido ataques de uma ladra de joias que pratica seus roubos em público e totalmente sem roupa. Conhecida como Lady Godiva, sua identidade, apesar de não esconder seu rosto,  é desconhecida já que ninguém foca neste detalhe. Claro que proteger a cidade de uma bela e nua vilã depois de ser diagnosticado com “puberdade retardada” é uma combinação que não combina. Principalmente usando uma malha fina e justa como fantasia. Assim, o Batmorcego acaba pagando mico diante de todos, arrastando sua reputação pro fundo do poço e virando piada na cidade.

A obra procura focar na comédia, mas tentando trazer um diferencial para não ficar só na paródia de super-herói. Ao longo da minissérie o tom investigativo/jornalístico vai se fazer mais presente, porém, sempre trazendo aquela influência da revista Mad e carregando as imagens com referências, homenagens e pistas para a resolução do caso e para publicações futuras do herói.

Garanta sua edição apoiando no Catarse

Wander retorna ao Catarse para financiar a parte 2 com a volta das recompensas que fizeram sucesso no financiamento do álbum de estreia que são os nomes de apoiadores nas ruas e praças da cidade de Ficcítia. Já as avenidas são restritas a homenagear os grandes nomes dos quadrinhos como Will Eisner, Angelo Agostini e Mauricio de Souza. Também é possível adquirir pacotes com o número anterior e o álbum de 2014 que já está em fim de tiragem. O endereço para a campanha é https://www.catarse.me/wander_parte2de3

A edição é em formato americano, 32 páginas, capa fina e colorida, miolo em preto e branco e papel couchê brilhoso.

Clique aqui para APOIAR o projeto.

O AUTOR

Luciano Félix trabalha profissionalmente com quadrinhos desde 2000 quando se tornou assistente no estúdio do Lailson de Holanda, arte-finalizando o projeto Pindorama. Em 2002 começou a desenhar sátiras e capas para a revista Mad. Em 2014 ganhou vários prêmios em salões e festivais pelo Brasil na categoria quadrinhos o que foi essencial para ser um dos artistas a participar da edição msp50 que homenageou os cinquenta anos de carreira de Mauricio de Souza. Desde 2012 faz dupla com o roteirista Ary Santa Cruz no site mistiras.com.br, publicando uma tira toda sexta-feira ininterruptamente desde então. Desta parceria surgiu a publicação Mistiras volume 1 (2013) e Angúria (2017), também financiados através do Catarse. Em 2014 publicou o álbum Wander – Herói Porque Sim! e em 2017 o primeiro capítulo da nova aventura do heróis chamada Puberdade Ainda Que Tardia, também por financiamento coletivo. Hoje faz parte da Usina Coletiva, entidade de profissionais e entusiastas das histórias em quadrinhos.

O ARTE FINALISTA

Téo Pinheiro nasceu em Muricí, Alagoas e se mudou para Recife em 1998. Especializou-se em arte final manual ou digital, mas hoje já tem um grande número de publicações assinadas por ele, como a revista Malassombro, A Rasteira Da Perna Cabeluda e outras histórias do grupo O Recife Assombrado. Tem sido um parceiro essencial na corrida contra o tempo para as publicações do Wander desde o primeiro álbum, arte finalizando as páginas.

CONTATOS E REDES SOCIAIS

lucianofelix2@gmail.com

ficcitia.blogspot.com.br

facebook.com/ficcitia

@felixnotuitter

Sobre o Press Release.

————————–

anuncio-banca-elshaday

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s