Nova, de Emir Ribeiro

Nova

Ano de criação: 1976.
Nome verdadeiro: Nova Bruno Soares.
Idade atual: 27 anos.
Base de operações: Santos, SP.
Cabelos: Ruivos.
Olhos: Verdes.
Pele: Branca.
Altura: 1,71 m
Profissão: Secretária de um escritório de importação e exportação.

Poderes especiais: Força de 10 ton, visão noturna e audição ampliadas.

Origem: Nova, filha de uma deputado federal, estava condenada à morte por um câncer pulmonar, quando, em viagem ao exterior para tratar da enfermidade, conhece um cientista chamado Zeiss Zenkiev, que trabalhava na construção de um andróide de aparência feminina. Desenganada pela medicina, Nova autoriza o transplante de seu cérebro e coração para o corpo sintético. A experiência dá bom resultado e Nova passa a viver no corpo mecânico, imitando um ser humano normal. De início, tentando imitar Velta, ela usa um provocante “uniforme” verde com uma capa amarela; mas na 2ª aventura, passa a usar roupas comuns.

Deve ter sido umas das primeiras (senão a primeira) personagens da linha fantasiosa e inspirada no gênero de super-heróis a abandonar o que se chama comumente de “uniforme” para usar roupas comuns. Aliás, as soluções apresentadas nas HQs de Nova acabaram – COINCIDENTEMENTE ou não – aparecendo nos personagens estadunidenses, tanto dos quadrinhos, como das séries de TV e de filmes de cinema. Quem ler (ou quem leu nos anos 70) as aventuras de Nova vai identificar no ato de que passagens estou falando.

Obs.: O termo “ginóide” parece ter sido criação do mestre Gedeone Malagola (criador do Raio Negro), que designaria um andróide feminino (visto que “andro” significa “homem”).

Saiba mais acessando: http://www.emirribeiro.com.br/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s